quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Palavras Não Ditas

 
É madrugada e eu fico só
Calada a pensar,
Escrevo tudo que penso
Aprendo a poetizar.
Não quero repetir
As palavras já escritas,
Deixo então a alma
Dizer palavras
Ainda não ditas.
No silencio da noite
Estão todos dormindo
É a hora que gosto
Para escrever o que sinto
O sono vai embora
Sozinha eu quero ficar
À noite é o momento
Para minha mente
Descansar.
Não tem dinheiro que paga
Um momento de solidão,
Gosto mesmo  é de estar só,
Pondo em ordem
Meu coração.

quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

Inevitável?


No ínicio desse ano presenciamos e continuamos presenciando a tragédia q comoveu milhões de pessoas e acabou destruindo várias famílias no Rio de Janeiro.
Será q isso foi inevitável? Realmente não consigo achar a resposta! Sinceramente pra mim isso é um deja-vu, um triste deja-vu, lembro como se fosse ontem os noticiários mostrando a enchente de Santa Catarina. E o que mudou? O lugar onde ocorreu.
Os noticiários falam toda hora o número de mortos q só aumenta a cada telejornal q passa. Muitos outros lugares são alagados nessa época do ano, e muitas pessoas sabem disso. O problema é q muitos não tem pra onde ir, pois encontraram alí uma moradia.
Eu volto a me questionar, sabendo q todo fin e começo de ano é assim, pq os "grandões" -deputados, prefeitos, governadores...- de suas cidades não se reunem e constroem moradias dignas para essas pessoas, não depois da tragédia + sim antes?

segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Don't Go Away - Não Vá Embora

Manhã fria e coberta de geada,
Não há muito para dizer
Sobre as coisas presas na minha mente
Conforme o dia ia amanhecendo, meu avião partia
Com todas as coisas presas na minha mente.


E eu não quero estar lá quando você estiver...
Caindo
E eu não quero esta lá quando você atingir o chão


Então não vá embora
Diga o que disser
Mas diga que você ficará
Para sempre e mais um dia... durante o tempo de minha vida
Pois eu preciso de mais tempo, sim, eu preciso de mais tempo
Simplesmente para acertar as coisas


Dane-se minha situação e os jogos que eu tenho de jogar
Com todas as coisas presas a minha mente.
Dane-se a minha educação, eu não consigo achar as palavras certas
Sobre as coisas presas na minha mente


Eu não quero estar lá quando você estiver...
Caindo
E eu não quero esta lá quando você atingir o chão


Então não vá embora
Diga o que disser
Mas diga que você ficará
Para sempre e mais um dia... durante o tempo de minha vida.
Pois eu preciso de mais tempo, sim, eu preciso de mais tempo
Simplesmente para acertar as coisas.


Eu e você, o que está acontecendo?
Tudo que parecemos saber é como mostrar
Os sentimentos que estão errados


Então não vá embora
Diga o que disser
Mas diga que você ficará
Para sempre e mais um dia... durante o tempo de minha vida.
Pois eu preciso de mais tempo, sim, eu preciso de mais tempo
Simplesmente para acertar as coisas.

Pois eu preciso de mais tempo, simplesmente para acertar as coisas.
Sim, eu preciso de mais tempo, simplesmente para acertar as coisas.

Então não vá embora.
 
 
Oasis