sábado, 14 de janeiro de 2012

Desisto

Já desisti de tentar te esquecer conhecendo novos corpos. Descobri que toda vez que abrir os olhos e notar que não é você quem está ali na minha frente, fazendo o que eu queria que você fizesse, vou ficar mais triste ainda e vou me culpar quando estiver sozinha. Então eu desisti do amor, desisti de procurá-lo em qualquer um que seja. Ou melhor, em qualquer um que não seja você. Dizem que quando paramos de procurar, a gente acha o que queria. Então vou parar, porque uma hora o amor aparece. E se ele não vier de você, sei que virá de outro alguém...

Nenhum comentário:

Postar um comentário